Publicada em: 19/05/2022 - 111 visualizações

Câmara Móvel oferece serviços no Bairro Linhares

Câmara Móvel oferece serviços no Bairro Linhares (19/05/2022 00:00:00)
  • Desta vez, o Bairro Linhares recebeu todos os serviços prestados pela CMJF, como atendimentos jurídicos, de Defesa do Consumidor, e a emissão de documentos; os parlamentares também exerceram seu poder fiscalizatório, vistoriando o estado da UBS do bairro, do CAIC Helyon de Oliveira e da Rua...
 

Morador do bairro há 35 anos, o aposentado Sérgio Lopes acordou cedo em busca da segunda via do documento de identidade no Câmara Móvel. “Fica ruim para mim ir ao Centro buscar o serviço. Fui informado quais são os trâmites e adiantei o processo”. Já a cuidadora de idosos Elisângela Souza veio pedir intervenção dos vereadores no recapeamento de duas vias do Bairro Bom Jardim. “As chuvas já passaram, mas o tapa-buraco não veio”. A atenção e a emissão de documentos e o atendimento próximo dos parlamentares são serviços que o projeto itinerante da Câmara Municipal de Juiz de Fora (CMJF) oferece às localidades atendidas - nesta quinta-feira, 19, foi a vez do Bairro Linhares, na Paróquia Nossa Senhora Aparecida.

"O Câmara Móvel vem para trazer todo o portfólio de serviços que nós temos. São serviços de garantia da cidadania e de melhoria na condição de vida das pessoas. Como o auxílio na confecção de um bom currículo, sabendo como o emprego está difícil hoje, e o apoio na luta contra o superendividamento, que tira até alimentos e remédios de quem precisa”, apresentou o presidente da CMJF, Juraci Scheffer (PT), na abertura do evento. “Além disso, tem a atenção das vereadoras e vereadores da Câmara, que têm trabalhado muito para exercer o seu papel fiscalizatório”, ressaltou Juraci. Participaram também da abertura os vereadores Dr. Antônio Aguiar (DEM) e Tiago Bonecão (CIDADANIA).

A ação também levou até a comunidade vários outros serviços oferecidos pela Casa Legislativa como atendimentos jurídicos, de Defesa do Consumidor; instituições parceiras apoiaram ainda com corte de cabelo e cuidados à saúde, com aferição de pressão arterial. Parceiros como o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), a Guarda Municipal de Juiz de Fora (CMJF) e o Núcleo de Educação Permanente (NEP) do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Sudeste (Cisdeste), o Samu, também estiveram presentes. Houve ainda doação de livros e mudas de crotalária, planta vista como uma alternativa no combate à Dengue, pois consegue atrair uma espécie de libélula que é predadora natural das larvas e do mosquito Aedes aegypti.

Fiscaliza JF

Os vereadores e servidores do Fiscaliza JF também estiveram na parte da manhã na UBS do bairro. A equipe constatou problemas como a falta de profissionais, principalmente médicos e agentes de saúde, e a falha na reposição de insumos básicos como papel toalha, que estão sendo adquiridos pelos próprios colaboradores. Além disso, a necessidade de reforma do espaço foi destacada. Já na Escola Municipal Professor Helyon de Oliveira, o CAIC, a falta de capina do terreno da escola foi apontada. "Vivemos no limite, no fio da navalha, a verba que recebemos é para o básico. Para um prédio desse tamanho, nós conseguimos muito pouco", relatou a diretora da instituição, Raquel Silveira. Segundo professores, o orçamento destinado à roçada pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) foi insuficiente para todo o espaço. Por fim, o grupo do Legislativo esteve na Rua José Sobreira, do Bairro Bom Jardim, vistoriando a necessidade de melhorias na pavimentação, problemas que afetam até a trafegabilidade da via.

A Câmara Municipal vai enviar ao Executivo um documento com todas as demandas e informações levantadas no Câmera Móvel e no Fiscaliza JF.

Mais informações: 3313-4734 - Assessoria de Imprensa


 


©2022. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade