Publicada em: 15/04/2005 - 449 visualizações

Comissão de Estudos para Construção da Nova Sede do Legislativo entrega relatório aos vereadores

Comissão de Estudos para Construção da Nova Sede do Legislativo entrega relatório aos vereadores (15/04/2005 00:00:00)
 

Comissão de Estudos para Construção da Nova Sede do Legislativo entrega relatório aos vereadores

       A Comissão Especial de Estudos para a Construção da Nova Sede da Câmara Municipal deverá entregar o relatório final de seus trabalhos aos vereadores no dia 18 deste mês. Uma análise preliminar será realizada o presidente da Câmara, vereador Vicentão (PTB), pela manhã, e na reunião ordinária do dia, o presidente da Comissão, vereador José Sóter Figueirôa (PMDB), fará uma apresentação sucinta do relatório que será entregue aos vereadores.
       O texto vai falar sobre todo o processo e andamento dos trabalhos, desde a nomeação da comissão, reuniões, grupos de discussão e suas deliberações até as conclusões com a definição da metragem quadrada da obra, dimensões preliminares dos ambientes, impacto urbano, conforme as orientações da DPGE, para harmonização do espaço. O prédio, provavelmente, será construído na área conhecida como terreirão do Samba, na avenida Brasil.
       No texto, ainda deverá conter as contribuições solicitadas ao IAB, SINDUSCON e Clube de Engenharia, apresentadas à comissão no dia 11 de abril. Os representantes destas entidades foram informados sobre as intenções da Câmara para a construção de sua nova sede e convidados a apresentar idéias, projetos e estudos sobre a obra.
       A assinatura do protocolo de intenções entre a PJF e a Câmara, de cessão de terreno, poderá acontecer dia 29 de abril, na solenidade de aniversário do Legislativo, caso a sugestão seja aprovada pela presidência da Casa. O edital de concorrência para a construção da nova sede se dará conforme a lei nº 8666, logo após a realização de um concurso público que eleger o melhor projeto arquitetônico para o prédio.
       De acordo com Figueirôa, o relatório vai apresentar um cronograma dos atos licitatórios que devem começar em maio e junho, com a elaboração do edital até a publicação dos resultados, em dezembro deste ano. Será garantido, no projeto arquitetônico, todos os meios de acessibilidade para pessoas portadoras de deficiência física e idosos, entre outras exigências.
       Será proposta a realização de uma enquete quanto à futura utilização do prédio antigo, o Palácio Barbosa Lima, ouvindo órgãos responsáveis pelo patrimônio histórico de Juiz de Fora.
       

Arquivo de notícias >>>

 


©2022. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade