Buscar
 

Arquivo de Notícias

12/01/2022

Fiscaliza JF - Vereadores visitam represas de João Penido e São Pedro

Cesama atesta a segurança de medidas de proteção das duas barragens, mesmo com 100% de sua capacidade; cerca de 5 mil litros de água em excesso da represa João Penido estão sendo despejados no Rio Paraibuna

Vereadoras e vereadores da Câmara Municipal de Juiz de Fora (CMJF) estiveram em campo nesta quarta-feira, 12, para fiscalizar as represas de São Pedro e João Penido. Ao lado de servidores da equipe do Fiscaliza JF, da CMJF, e de representantes da Companhia Municipal de Abastecimento (Cesama), os parlamentares percorreram a área técnica dos dois mananciais, que são as duas maiores barragens que estão, em sua totalidade, em território juiz-forano - considerando que a Represa de Chapéu D’uvas está localizada também em outros municípios vizinhos.

“A Câmara reverbera muitas vezes a preocupação da população. Estamos aqui hoje para saber como a Cesama está lidando com esse cenário de chuvas intensas e cheias das nossas represas. Saber das medidas de proteção adotadas e ver de perto a real situação [das represas] de São Pedro e João Penido. É importante frisar que esse excesso de chuvas, ou muitas vezes a falta delas, é fruto de um desequilíbrio ecológico, problema urgente que precisa também ser enfrentado por toda a sociedade”, resumiu o presidente Juraci Scheffer (PT), acompanhado pelos vereadores Zé Márcio Garotinho (PV), Cida Oliveira (PT), André Luiz (REPUBLICANOS), Laiz Perrut (PT), Tiago Bonecão (CIDADANIA), Maurício Delgado (DEM) e Vagner de Oliveira (PSB).

Durante a visita técnica, uma das maiores preocupações do Legislativo foi o alto volume notado nas duas represas, que atingiram 100% de sua capacidade nos últimos dias. Por questões de segurança, foi necessária a abertura de comportas, chamadas de "ladrões", para desprezar o excesso de água. O diretor presidente da Cesama, Júlio Teixeira, explicou que “a despeito do alto índice pluviométrico observado nesta semana - chegamos a registrar 76 mm de chuva em 24h, uma ‘tromba d’água’, as represas sob gestão da companhia possuem monitoramento diário com planos de segurança de barragens”.

Outro questionamento dos parlamentares tinha relação com a possibilidade de o descarte de água da João Penido no curso do Rio Paraibuna contribuir com novas enchentes e até com o transbordamento de suas margens, conforme presenciado na última segunda-feira, 10. Aos vereadores foi explicado que, no atual cenário de cheia, cerca de 5 mil litros de água são despejados por segundo no Paraibuna. Porém, segundo os representantes da Cesama, nos índices de vazão atual, o impacto seria de apenas 1,5% no volume total do rio. No caso da Represa de São Pedro, o montante sobejo é direcionado ao córrego homônimo, também sem prejuízos ao seu curso natural.

O Fiscaliza JF fará o relatório da visita, que será compartilhado posteriormente no site da Câmara.

Mais informações: 3313-4734 - Assessoria de Imprensa 

Visualizada pela 134ª vez

Câmara Municipal de Juiz de Fora
Rua Halfeld, 955 - Centro, Juiz de Fora/MG
Tel: (32) 3313-4700


©2021 Câmara Municipal de Juiz de Fora