Buscar
 

Arquivo de Notícias

11/01/2022

Ao Vivo - Tallia Sobral aborda situação da COVID-19

Em entrevista transmitida na última segunda-feira, 10, pela JFTV Câmara, a vereadora comentou o atual panorama da pandemia no município

A JFTV Câmara, canal digital 35.1, transmitiu no início da 6ª Reunião Ordinária do 1º Período Legislativo da Câmara Municipal de Juiz de Fora (CMJF), realizada na última segunda-feira, 10, uma entrevista, ao vivo, com a vereadora Tallia Sobral (PSOL). Em sua fala, a parlamentar analisou o atual estado da cidade no tocante à pandemia e expôs medidas para reduzir o contágio.

A vereadora apresentou um Requerimento à Prefeitura de Juiz de Fora manifestando a necessidade de o município ter seu próprio portal de acesso ao comprovante de vacinação, reafirmando a necessidade da criação desse banco de dados. Segundo ela, seria importante “ter um aplicativo ou uma parte no site” devido, principalmente, ao apagão de dados sofrido pelo ConecteSUS em dezembro, o que dificultou o acesso ao comprovante vacinal para diversas pessoas.

Tallia também ressaltou a necessidade de testagem em massa por todo o município. A parlamentar apresentou uma solicitação para que houvesse um local de testes com resultados mais rápidos em pontos mais centrais da cidade. Na visão dela, o cumprimento de tal pedido evitaria “a sobrecarga do sistema de saúde, pois a pessoa não precisaria ter que ir a um hospital, a alguma Unidade Básica de Saúde [UBS], ou a alguma Unidade de Pronto Atendimento [UPA]”, além de, segundo ela, os testes serem capazes de revelar a atual situação do município, visto que os casos cresceram exponencialmente em todo o país.

No ano passado, a vereadora teve uma lei aprovada que garantia o pleno acesso aos números da pandemia, como novos casos, óbitos e pessoas internadas. Segundo ela, esses dados ajudam a apresentar a eficácia da vacinação e dos demais mecanismos de defesa, citando a cidade do Rio de Janeiro como exemplo, onde o contágio aumentou, mas a maioria das pessoas internadas são aquelas que não se vacinaram ou têm o esquema vacinal incompleto.

Por fim, a parlamentar ainda comentou a aprovação da vacina para crianças de 5 a 11 anos. Tallia Sobral, que apresentou uma Representação ao Ministério da Saúde e à Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) para que esses órgãos antecipassem a compra de insumos necessários para a imunização dessa faixa etária, abordou a importância dessa solicitação para a rapidez da vacinação infantil.

A entrevista completa está disponível no YouTube da JFTV Câmara

Mais informações: 3313-4734 - Assessoria de Imprensa

Visualizada pela 47ª vez

Câmara Municipal de Juiz de Fora
Rua Halfeld, 955 - Centro, Juiz de Fora/MG
Tel: (32) 3313-4700


©2021 Câmara Municipal de Juiz de Fora