Buscar
 

Arquivo de Notícias

21/02/2017

E-Câmara: Programa vai transformar Legislativo de JF em 100% digital

Com o objetivo de modernizar os processos de circulação de informações, o Legislativo de Juiz de Fora lança, oficialmente, o programa E-Câmara. A iniciativa promete, também, diminuir a utilização de papeis na Câmara, torná-la mais sustentável e ainda mais transparente, com a consequente redução de custos.
 
A intenção é transformar o Legislativo de Juiz de Fora no primeiro 100% digital em Minas Gerais. Todos os detalhes do programa foram anunciados pelo presidente da Câmara, vereador Rodrigo Mattos (PSDB), durante coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira, 21, que contou com as presenças dos diretores Administrativo da Câmara, Cloves Santos, Jurídico, Gustavo Vieira, e Legislativa, Aparecida Fontes Cal, responsáveis pela implantação do programa.
 
Com o E-Câmara, as principais proposições dos vereadores como requerimentos, moções, projetos de lei, representações e pedidos de informação serão informatizados, garantindo uma redução significativa na utilização de papeis. Para exemplificar, nos últimos quatro anos, a Câmara utilizou cerca de 874 mil folhas de papel com as proposições acima, sem computar os papeis gastos com as diretorias jurídica e administrativa.
 
Os benefícios com o E-Câmara ainda incluem economia com impressoras, manutenção de equipamentos, cartuchos de tinta, energia elétrica e cópias extras de papeis. Todos os documentos que são armazenados hoje, em um local alugado pela Câmara (Célula), serão acessados no site do Legislativo e armazenados na nuvem. Para isso, o Datacenter do Palácio Barbosa Lima será modernizado com total segurança digital.
 
Até o final de 2017, memorandos, circular, pauta da ordem do dia, requerimento, moção, pedido de informação e convites serão digitais. Em 2018, a digitalização chega aos projetos de lei, representação e procedimentos administrativos.
 
O presidente do Legislativo, vereador Rodrigo Mattos (PSDB), informou que o E-Câmara será inserido no Plano Plurianual. “Ao lançar este programa, queremos a continuidade dele, independente de questões partidárias. Para garantir sua perpetuação, vamos inseri-lo no Plano Plurianual”, enfatiza Mattos.
 

Sustentabilidade
 
A sustentabilidade é um dos principais objetivos do projeto E-Câmara. Para exemplificar, deixando de consumir quase 900 mil cópias de papel a cada quatro anos, 90 árvores deixarão de ser cortadas.
 
Para compensar cada tonelada de CO2 emitido, é necessário 7,14 árvores. A sustentabilidade do E-Câmara vai compensar 12,23 toneladas de CO2  a cada quatro anos, levando em conta as 87,36 árvores que deixarão de ser cortadas.
 

Informações: 3313-4734 /4941 - Assessoria de Imprensa
 

Visualizada pela 1548ª vez

Câmara Municipal de Juiz de Fora
Rua Halfeld, 955 - Centro, Juiz de Fora/MG
Tel: (32) 3313-4700

design by
©2011 Câmara Municipal de Juiz de Fora | Licensa Creative Commons